Sobre

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Nesse artigo eu vou falar sobre:

• Como larguei o meu emprego e comecei a desenvolver sites e sistemas que me geram renda mensal recorrente;
• Como produzi e vendi o meu material sem trocar meu tempo por dinheiro;
• Para quem é esse site é dedicado: Pessoas que tem vontade de empreender, pequenos empreendedores e produtores digitais.

A minha história como empreendedor começou em 2010 quando fui selecionado para um estágio em uma agência de criação de websites. Nessa época, eu não fazia nem idéia de como se programava um site e tinha medo dos códigos malucos.
A pressão que a empresa fazia para a construção dos sites ser rápida e eficiente fez com que eu me empenhasse bastante, muitas vezes virando muitas noites para aprender e decifrar as diferentes linguagens. Isto fez com que eu percebesse duas coisas importantes: a primeira delas é que é possível ser um auto-didata e sair do “não faço nem ideia de como fazer” para “expert” em quase qualquer assunto ( desde que não seja exigida a coordenação motora, como jogador de futebol ou dançarino, por exemplo). Com a ajuda de cursos online e de videos tutoriais passei de um mero iniciante a desenvolvedor junior. E a segunda, é que podemos aprender qualquer coisa e tudo depende de nossa persistência em frente aos fracassos e nossa dedicação para a jornada até o sucesso.

A partir de tutoriais e cursos de programação online, meu desempenho como web developer aumentou muito em aproximadamente 6 meses. Passei a participar de projetos maiores, como a programação do site do Metrô do Rio de Janeiro. No começo, projetos grandes me assustavam bastante. Não sabia como criar efeitos, nem como fazer certos posicionamentos. Peraí, eu sozinho vou criar o site do sistema de metrô de uma cidade?!

Site do Metrô do Rio de Janeiro
Uma parte do site do Metrô do Rio de Janeiro, codificado por mim (para ver o site inteiro, visite: www.metrorio.com.br).

Consegui terminar o site com ajuda de outros programadores freelancers que a agência contratou. Aprendi bastante com esse site e vi que naquele momento, fazer projetos menores e menos complexos era o melhor meio de eu me desenvolver. Depois que adquiri confiança, comecei a procurar outros desafios maiores.

Resolvi tentar fechar negócios por conta própria, ainda quando estava empregado, tanto para treinar meu conhecimento e aperfeiçoar minhas habilidades na web, quanto aumentar minha renda mensal, já que o salário da agência era bem baixo. Tive de usar os conceitos de marketing que eu havia aprendido na faculdade na hora de fechar negócios e vi que muito do conhecimento que eu havia adquirido era obsoleto e ultrapassado. Tive que aprender a passar todo aquele conhecimento para o mundo online.

Isto foi um marco para mim porque percebi que através de minhas vendas, eu poderia ter um maior controle sobre o preço que iria cobrar, sobre dificuldade do projeto e sobre o pagamento. Minha renda aumentou consideravelmente. Um ano depois, já com uma base de clientes mais sólida, finalmente me demiti da empresa e segui realizando vendas dos meus websites.

O problema é que meu tempo é limitado e é humanamente impossível trabalhar 24 por dia. Algumas pessoas trocam até 12 horas por dia, mas mais do que isso não é possível. Eu estava vivendo uma vida de escravidão, onde trocava a minha liberdade (em forma de tempo) por liberdade (em forma de dinheiro). E eu precisava mudar isso, afinal, trocar sua vida por dinheiro não é um bom negócio.

Como criei renda mensal através da internet:

Para resolver este problema, criei alguns templates de websites prontos e alguns sistemas, os quais alugo para empresas e mantenho uma renda recorrente mensal, além de ainda produzir websites, cuja maioria dos clientes provém de indicações e de anúncios na internet (via Facebook Ads, Google Adwords e Google Adsense).

Código de Criação de Sistemas
Criei sistemas de gerenciamento de conteúdo e organização de calendários, gerando renda recorrente ao alugar para pequenos empresários.

Pensando em pequenos empresários, que tem problemas em colocar ideias em prática, timidez na hora de vender (assim como eu tive) e que não sabem como começar a se vender no mercado, criei este blog com material didático de marketing e empreendedorismo com textos e vídeos, para mostrá-lo como você pode se livrar das amarras de um emprego tradicional e empreender com baixo risco e possibilidade de alto retorno, vendendo seus próprios produtos ou serviços.

Os artigos desse blog serão direcionados para três perfis de leitores diferentes (sem ordem de prioridade):
• Investidor/empreendedor: Pessoas com interesse em empreendimentos digitais e que vêem no mercado de digital uma opção diferenciada de investimento. Tem interesse em temas como empreendedorismo, marketing, investimentos, criação de produtos recorrentes com baixo valor de investimento, como distribuir esses produtos e serviços online e offline, etc.
• Desenvolvedor. Quer aprender a desenvolver sistemas ou websites, seja por ter um pequeno interesse ou com intuito de construir uma carreira nessa área. Você pode esperar artigos sobre programação, carreira na área de webdesign, onde oferecer seus serviços, entre outros tópicos.
• Produtor. Pessoas que viabilizam o desenvolvimento de sistemas e sites que não teriam condições de finalizar e publicar sozinhas.

O principal objetivo desse blog é ajudar pessoas a trilharem o caminho completo do desenvolvimento e criação de produtos ou serviços, desde à maturação de uma ideia de projeto até distribuição para o mercado.